25/10/2019

Resenhando o Conto: Qual o sabor do perdão? - Débora S. Silva


Oiiiii gente voltei.
Hoje estou aqui pra compartilhar com vocês sobre um conto muito amorzinho que li esses dias. Qual o sabor do Perdão? é um conto escrito pela Débora(minha amiga e autora incrível ♥) então eu como uma grande fã da escrita dela já fui correndo ler :)
Então sem muita enrolação bora para a resenha:


Qual o sabor do Perdão?
Mabel descobriu desde cedo como era ser julgada pelos atos de outras pessoas, as crianças eram proibidas de brincar com ela, ele era excluída de tudo e quando a adolescência chegou isso não mudou, mas ficou ainda pior.
Agora ela sofria bullying e muitas vezes era até agredida. Não podia contar pra sua mãe, pois não queria que ela fosse até a escola e se metesse nisso, também era por causa dela que ela sofria tanto. Não conseguia perdoar sua mãe por tudo o que ela sofria.
Até que um dia, depois de mais um intervalo sendo incomodada por duas garotas, ela correu para o banheiro, se sentou ao lado da privada e tentou se proteger. Duas garotas viram o que tinha acontecido e foram ver se ela estava bem. Ela fugiu mais uma vez.
Quando chegou na sala de aula, percebeu que as duas garotas que estavam no banheiro também estavam lá, ela se fechou tanto que nem percebia as pessoas que estavam em sua volta.
Raquel e Milena era as garotas que queriam ajudar Mabel, começaram a se aproximar, sentaram com ela no intervalo e Lucca também se juntou a elas.
Mabel não conseguia entender o motivo deles estarem ali, ela era ignorada por todos. Gostou de ter pessoas para conversar, mas logo contou sobre sua mãe. Pensou que todos se afastariam, como sempre acontece. Mas não foi isso o que aconteceu.
E são essas amizades que ajudam Mabel a entender tudo o que ela tem passado, Milena conta uma pouco sobre sua história e também ajuda Mabel a entender sua própria.
Mabel julga sua mãe por coisas que aconteceram no passado e não vê os sacrifícios que ela teve que fazer para sustentar a filha.
Depois que ela conseguiu entender isso aprendeu como perdoar faz bem.

Esse é um tipo de conto que nos faz refleti, muitas vezes julgamos as pessoas sem saber o real motivo que levaram ela a chegar onde chegou.
Perdoar não é fácil, é um exercício diário, nem todos querem se exercitar, mas cada um tem o seu tempo.
Depois que perdoou sua mãe Mabel entendeu isso, percebeu como as coisas mudaram, como ela se sentia melhor, perdoar é isso, tirar do seu coração o que não lhe faz bem ♥

Outros contos da autora:

Um Amor Refugiado
O Amor de Um Rei

Quer ler Qual o sabor do perdão? e se apaixonar assim como eu??
Clica aqui e ir direto para a página lá na Amazon ♥ (aproveita que é uma leitura incrível e o preço está muito bom)
Espero que tenham gostado, me contem se também ficaram curiosos para ler, vou adorar saber ♥
Até o próximo post
bjo

Um comentário:

  1. Amei a proposta que essa história trás, realmente, ninguém nasceu do jeito que é, aos poucos vamos nos construindo a partir do que estamos vivendo. Vago aquele que aponta o dedo e julga o que desconhece.

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada(o) pela visita.
Deixe o seu comentário que retribuirei com todo carinho ♥

Design e Desenvolvimento por Bruna Leite