15/01/2019

12 livros para 2019 - Parte 1


Oiiiii gente, voltei.
Esse post já era pra ter saído faz uns dias, mas antes tarde do que mais tarde né?!
Esse ano quero ler muito, muito mesmo, e como a última vez que eu escolhi 12 livros para ler em um ano ele flopou lindamente resolvi tentar novamente, mas dessa vez fazer o possível para dar certo ♥
Então esses são meus 12 livros para 2019(para o post não focar muito grande e cansativo vou separar em duas partes, então essa é a parte um e logo posto a parte dois):

Na Ponta dos Pés
Theodora está melhor. Voltou a se alimentar e a sair com alguns caras. Além disso, está se dedicando como nunca para se tornar uma bailarina profissional. Mas o repentino retorno de seu melhor amigo, Donovan, depois de quatro anos sequestrado, lança Theo de volta aos momentos que que antecederam o fatídico episódio. Surge em sua memória a lembrança do sequestrador... Donovan não fala nada sobre o que viveu no cativeiro. Dizer a verdade poderia colocar em risco tudo aquilo pelo qual Theo havia lutado: sua imagem, sua carreira, sua reputação e seu verdadeiro amor. Na ponta dos pés é um livro arrebatador. A vida conturbada de uma jovem talentosa nos faz acreditar que a superação pode ser difícil, mas sempre há tempo de recomeçar.





 Sob A Redoma
Na trama, em um dia qualquer em Chester' Mill, no Maine, a pequena cidade é subitamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Aviões explodem quando tentam atravessá-lo e pessoas trabalhando em cidades vizinhas são separadas de suas famílias. Ninguém consegue entender o que é esta barreira, de onde ela veio e quando - ou se - ela irá desaparecer.
Os moradores de Chester's Mill percebem que terão de lutar sobre sua sobrevivência. Pessoas morrem, aparelhos eletrônicos entram em pane ao se aproximar da redoma e a situação fica ainda mais grave quando a cidade se vê exposta às graves consequências ecológicas da barreira. Para piorar a situação, James "Big Jim" Rennie, político dissimulado e um dos três membros do conselho executivo da cidade, usa a redoma como meio de dominar a cidade.
Enquanto isso, o veterano da guerra do Iraque, Dale Barbara, é reincorporado ao serviço militar e promovida à posição de coronel. Big Jim, insatisfeito com a perda da autoridade que tal manobra poderia significar, encoraja um sentimento local de pânico para aumentar seu poder de influência. O veterano se une a um grupo de moradores para manter a situação sob controle e impedir que o caos se instaure. Junto a eles a proprietária do jornal local, uma enfermeira, uma vereadora e três crianças destemidas. 
No entanto, Big Jim, está disposto até à matar para continuar no poder, apoiado por seu filho, que guarda a sete chaves um segredo. Mas os efeitos da redoma e das manobras políticas de Jim Rennie não são as únicas preocupações dos habitantes. O isolamento expõe os medos e as ambições de cada um, até os sentimentos mais reprimidos. Assim, enquanto correm contra o pouco de tempo que têm para descobrir a origem da redoma e uma forma de desfazê-la, ainda terão de combater a crueldade humana em sua forma mais primitiva. 

O último Adeus
O último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz.
O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante.
O último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estar seguindo diante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar com seus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes.

Uma Tocha na Escuridão
O segundo livro da história épica e eletrizante sobre liberdade, coragem e esperança. Ambientado em um mundo brutal inspirado na Roma Antiga, "Uma Chama Entre as Cinzas" contou a história de Laia, uma escrava lutando pela sua família, e Elias, um soldado lutando pela liberdade. Agora, em "Uma Tocha na Escuridão", ambos estão em fuga, lutando pela vida. Após os eventos da quarta Eliminatória, os soldados marciais saem à caça de Laia e Elias enquanto eles escapam de Serra e partem numa arriscada jornada pelo coração do Império. Laia está determinada a invadir Kauf, a prisão mais segura e perigosa do Império, para salvar seu irmão, cujo conhecimento do aço sérrico é a chave para o futuro dos Eruditos. E Elias está determinado a ficar ao lado dela - mesmo que isso signifique abrir mão da própria liberdade. Mas forças sombrias, tanto humanas quanto sobrenaturais, estão trabalhando contra eles. Elias e Laia terão de lutar a cada passo do caminho se quiserem derrotar seus inimigos: o sanguinário Imperador Marcus, a cruel Comandante, o sádico diretor de Kauf e, o mais doloroso de todos, Helene - a ex-melhor amiga de Elias e a nova Águia de Sangue do Império. A Missão de Helene é terrível, porém clara: encontrar o traidor Elias Veturius e a escrava erudita que o ajudou a escapar... e acabar com os dois. Mas como matar alguém que você ama desesperadamente?

Aos Olhos de Zoe 
O que você acha que o seu cachorro diria sobre a sua vida? Como ele contaria a sua história?
Bem, a sua eu não sei, mas a de Melissa, Zoe revelou perfeitamente.
Após ser resgatada da rua, a cachorrinha mais sábia de todos os tempos acompanha a trajetória de sua nova família, relatando a história de fim de um amor e do começo de outro, apontando suas dúvidas sobre os erros humanos e fazendo das menores coisas do dia a dia a sua felicidade infinita.
É mais do que um romance. É um ensaio sobre amizade, a fidelidade e o amor em sua forma mais pura. É Zoe salvando aqueles que um dia a resgataram.
Seja bem vindo à história de uma vida retratada "Aos olhos de Zoe".


O Rouxinol 
França, 1939: No pequeno vilarejo de Carriveau, Vianne Mauriac se despede do marido, que ruma para o fronte. Ela não acredita que os nazistas invadirão o país, mas logo chegam hordas de soldados em marcha, caravanas de caminhões e tanques, aviões que escurecem os céus e despejam bombas sobre inocentes.
Quando o país é tomado, um oficial das tropas de Hitler requisita a casa de Vianne, e ela e a filha são forçadas a conviver com o inimigo ou perder tudo. De repente, todos ps seus movimentos passam a ser vigiados e Vianne é obrigada a fazer escolhas impossíveis, uma após a outra, e colabora com os invasores para manter sua família viva.
Isabelle, irmã de Vianne, é uma garota contestadora que leva a vida com o furor e a paixão típicos da juventude. Enquanto milhares de parisienses fogem dos terrores da guerra, ela se apaixona por um guerrilheiro e decide se juntar à Resistência, arriscando a vida para salvar os outros  e libertar seu país.
Seguindo a trajetória dessas duas grandes mulheres e revelando um lado esquecido da História, O Rouxinol é uma narrativa sensível que celebra o espírito humano e a força das mulheres que travaram batalhas diárias longe do fronte.
Separadas pelas circunstâncias, divergentes em seus ideais e distanciadas por suas experiências, as duas irmãs têm um tortuoso destino em comum: proteger aqueles que amam em meio à devastação da guerra - e talvez pagar um preço inimaginável por seus atos de heroísmo.

Esses foram os 6 primeiros escolhidos, logo posto a segunda parte.
Me contem aqui nos comentários se vocês já leram algum desses livros?! Vocês também fazem essas listas de leituras para o ano? Me contem também qual livro eu não posso deixar de ler esse ano, quero aumentar a minha infinita lista de próximas leituras kkkkkk.....

Até o próximo post
bjo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada(o) pela visita.
Deixe o seu comentário que retribuirei com todo carinho ♥

Design e Desenvolvimento por Bruna Leite