04/11/2019

TBR de Novembro ♥


Oiiiii gente, voltei.
O mês de novembro é muito especial para mim(dia 19 é meu aniversário ♥) então estou bem animada para esse mês que está começando.
Esse mês pretendo ler bastante, estou até pensando em criar uma mini maratona para colocar um pouco da leitura em ordem, o que acham?? Participariam?
Então sem muita enrolação bora para os livros escolhidos:


Bom, pra começar estou participando de duas leituras coletivas, uma estou relendo As Crônicas de Nárnia(Tem um projeto sobre Nárnia aqui no blog, para conhecer é só clicar aqui)
Na outra estou lendo Instituição para Jovens Prodígios: A Seleção.


Instituição para Jovens Prodígios: A Seleção
Do subúrbio carioca para uma instituição de jovens superdotados na Inglaterra, Lara Müller, uma adolescente com todas as frustrações e inseguranças típicas da idade aprenderá que para realizar seu sonho é preciso fazer sacrifícios. Deixando tudo de mais precioso para trás, nossa protagonista precisa encarar uma nova realidade, muitas vezes assustadoras.
Quando Lara se deixa levar pela curiosidade e é atraída pelos novos ares de Sheffield coisas ligeiramente estranhas começam a acontecer... Por que ela sente como se alguns alunos a conhecessem? Por que parece que já fizera inimigos em tão pouco tempo? E, principalmente, quais os reais interesses dos mantenedores dessa poderosa instituição? Com uma nova melhor amiga ao seu lado, Lara começa a acreditar que está ficando maluca... É normal um pombo se comunicar com uma garota?


Código 303
Iniciado como trabalho final de um curso de jornalismo, esse livro se revelou um instrumento que reúne informações, ideias, experiências e sentimentos relacionados ao Alcoolismo. Muito se fala sobre essa doença, mas poucas pessoas a encaram como tal. Depoimentos emocionantes revelam o sofrimento de quem é dependente e de quem sofre vivendo ao lado de um. Histórias de vida narradas por pessoas tão diferentes e tão semelhantes. Dados estatísticos e informações fornecidas por profissionais da área denunciam a necessidade de se encarar e de se buscar meios de combater esse mal.


O Filho de Osum
O Filho de Osum é um romance histórico que retrata a cultura afro-brasileira e a imigração judaica no bairro paulistano do Bom Retiro, na década de 1950. O protagonista Jos, filho de um professor judeu e líder da resistência holandesa durante a ocupação alemã, conhece Preta Lina, ao imigrar para o Brasil. Ela é empregada em um puteiro no bairro do Bom Retiro, filha da Oxum, e lhe oferece por identificar nele traços desse mesmo Orixá. Jos, porém se envolve com o crime e passa a explorador de prostitutas. Ele acaba por perder a proteção de Oxum e retorna à Holanda. O 'espelho de Oxum' é um elemento simbólico no romance, que reflete a vaidade e a ambição de Jos. De volta a Holanda, ele encara o seu destino mirando-se em um espelho.


Desamparo
As histórias mais absurdas de desamparo são verdadeiras. o resto é ficção. Antes de passar pelos labirintos da imaginação do autor, porém, a biografia do interior paulista foi pesquisada através de trabalho jornalístico que buscou as origens do povoamento do noroeste paulista. Entre figuras históricos como o matador Dândi Dioguinho e a ama de leite de Dom Pedro II, Maria Capa Negra, um sábio ancião que envelheceu até virar árvore, um padre milagreiro que serve de poleiro aos pássaros e uma narrativa insaciável que sonha em devorar o sol, nos deparamos com uma pequena biografia do nosso povo, uma fábula sobre o caminho que nos trouxe ao violento país que somos hoje, personagens que estrelam um balé de gerações iniciado com os primeiros patriarcas, em um sertão quase bíblico, banhado pelo sangue dos índios, pela malária e pela grilagem de terras, em meio a tudo isso, "a sertaneja é antes de tudo uma forte". E Rita Telma é uma cabocla que encarnará o destino desta cidade-embrião, nascida na trilha da estrada de ferro.
Desamparo é o Brasil, o inicio do século XX, seu tempo é o resumo da história da humanidade que se repete até os dias de hoje. Flashbacks e reviravoltas vão montando, aos poucos, a tragédia que vai definir o destino de Rita, sua família e seus contemporâneos. A história da nascente cidade corre paralela à busca por vingança. Filha de Maria Chica, viúva pioneira, a protagonista vive atormentada pelo espírito do pai - despojado de suas terras, de sua honra e de seu amor. A versão sertaneja de Hamlet, que se desenrola na trama, é, também, o tema do romance, nunca terminado, do Coronel Manoel Antero, antagonista de Rita. Odisseu frustrado, desbravando o mar de mato do sertão paulista, o astuto rábula busca na política, no progresso e na semeadura de povoados, o heroísmo que lhe garantia a imortalidade.

Esses foram os escolhidos, ainda tenho algumas leituras para finalizar, então se preparem que vem muita resenha por ai ♥
Também estou pensando em um projeto de leitura de contos, mas provavelmente isso só pra segunda quinzena de novembro.
Me contem aqui nos comentários quais foram seus livros escolhidos para esse mês, vou adorar saber :)

Até o próximo post
bjo

25/10/2019

Resenhando o Conto: Qual o sabor do perdão? - Débora S. Silva


Oiiiii gente voltei.
Hoje estou aqui pra compartilhar com vocês sobre um conto muito amorzinho que li esses dias. Qual o sabor do Perdão? é um conto escrito pela Débora(minha amiga e autora incrível ♥) então eu como uma grande fã da escrita dela já fui correndo ler :)
Então sem muita enrolação bora para a resenha:


Qual o sabor do Perdão?
Mabel descobriu desde cedo como era ser julgada pelos atos de outras pessoas, as crianças eram proibidas de brincar com ela, ele era excluída de tudo e quando a adolescência chegou isso não mudou, mas ficou ainda pior.
Agora ela sofria bullying e muitas vezes era até agredida. Não podia contar pra sua mãe, pois não queria que ela fosse até a escola e se metesse nisso, também era por causa dela que ela sofria tanto. Não conseguia perdoar sua mãe por tudo o que ela sofria.
Até que um dia, depois de mais um intervalo sendo incomodada por duas garotas, ela correu para o banheiro, se sentou ao lado da privada e tentou se proteger. Duas garotas viram o que tinha acontecido e foram ver se ela estava bem. Ela fugiu mais uma vez.
Quando chegou na sala de aula, percebeu que as duas garotas que estavam no banheiro também estavam lá, ela se fechou tanto que nem percebia as pessoas que estavam em sua volta.
Raquel e Milena era as garotas que queriam ajudar Mabel, começaram a se aproximar, sentaram com ela no intervalo e Lucca também se juntou a elas.
Mabel não conseguia entender o motivo deles estarem ali, ela era ignorada por todos. Gostou de ter pessoas para conversar, mas logo contou sobre sua mãe. Pensou que todos se afastariam, como sempre acontece. Mas não foi isso o que aconteceu.
E são essas amizades que ajudam Mabel a entender tudo o que ela tem passado, Milena conta uma pouco sobre sua história e também ajuda Mabel a entender sua própria.
Mabel julga sua mãe por coisas que aconteceram no passado e não vê os sacrifícios que ela teve que fazer para sustentar a filha.
Depois que ela conseguiu entender isso aprendeu como perdoar faz bem.

Esse é um tipo de conto que nos faz refleti, muitas vezes julgamos as pessoas sem saber o real motivo que levaram ela a chegar onde chegou.
Perdoar não é fácil, é um exercício diário, nem todos querem se exercitar, mas cada um tem o seu tempo.
Depois que perdoou sua mãe Mabel entendeu isso, percebeu como as coisas mudaram, como ela se sentia melhor, perdoar é isso, tirar do seu coração o que não lhe faz bem ♥

Outros contos da autora:

Um Amor Refugiado
O Amor de Um Rei

Quer ler Qual o sabor do perdão? e se apaixonar assim como eu??
Clica aqui e ir direto para a página lá na Amazon ♥ (aproveita que é uma leitura incrível e o preço está muito bom)
Espero que tenham gostado, me contem se também ficaram curiosos para ler, vou adorar saber ♥
Até o próximo post
bjo

07/10/2019

Não é uma Resenha: Por Você, Para Você - Tici Pontes


Oiiiii gente, voltei.
Hoje estou aqui para compartilhar com vocês uma leitura incrível que fiz esses dias. Por você, para você é um romance da autora Tici Pontes que será lançado hoje(07/10) e eu pude ler antes do lançamento ♥
Esse livro é tão incrível que nem sei como explicar, senti um misto de sentimentos durante a leitura e a mensagem que o livro transmite é: Viva o hoje, amanhã pode ser tarde demais. Com toda certeza você já viu isso em algum lugar, mas você está realmente vivendo o hoje??
Sem muita enrolação, bora pra resenha:


Por você, para você
Conhecemos Alice, uma jovem de 18 anos que vice em Fortaleza, lá ela tem seu círculo social e está conhecendo Rafael, mas depois que seu pai consegue arrumar um emprego em outra cidade, ela se vê obrigada a mudar tudo, largar sua vida e ir viver em uma cidade do interior chamada Mar de Areia.
Ela tentou de todas as formas convencer seus pais a ir morar com uma de suas tias, mas foi em vão. Ela iria sim para o interior, mas se entrasse para a faculdade no próximo ano poderia voltar para a capital.
Chegando na nova casa, ela se deparou com o quarto idêntico ao que tinha, ficou maravilhada e logo agradeceu aos seus pais. Então Alice resolveu conhecer a cidade, logo encontrou a biblioteca. Ela amava livros e logo providenciou a carteirinha de lá. Decidiu que lá seria o seu local de estudos durante o dia, pois sua casa tinha barulho demais por causa de seu irmãozinho de 2 anos.
E foi durante seus estudos na biblioteca, depois de passar muita raiva com uma matéria que ela não estava entendendo muito que resolveu ler o seu livro. Até que alguém se aproximou dela e puxou papo sobre o livro que ela estava lendo.
Leonardo passava um bom tempo de seus dias na biblioteca, lá era um de seus lugares favoritos e logo fez amizade com Alice, sempre que precisava de ajuda em alguma matéria que ele ajudava.
Léo tinha uma doença, ele não queria contar para Alice, mas durante uma madrugada ele teve um sangramento pelo nariz falou com seus pais e resolveram ir para Fortaleza. Alice ficou muito preocupada, quando chegou na biblioteca e percebeu que ele não estava lá mandou várias mensagens, ligou várias vezes, mas Léo não estava pronto para contar sobre a doença pra ela, e nem queria fazer isso pelo telefone.
Depois de alguns dias internados ele finalmente pôde voltar para casa. Alice acabou descobrindo a doença, ele tinha anemia. E logo ela descobriria que não era uma doença rara.
Mesmo gostando de Alice, Léo não achava certo que tivessem um relacionamento, não era justo com ela viver uma vida de incerteza, mas Alice também gostava dele e faria de tudo para que ele entendesse que poderiam sim ficar juntos.
Alice faria de tudo para que Léo conseguisse a cura para a anemia aplástica, inclusive mobilizaria a cidade inteira para tentar encontrar um doador compatível com ele.
Não era justo um rapaz tão jovem passar por tudo isso, mas encontrar uma medula compatível é muito difícil. Mas eles tinham esperança de conseguir.
Léo ensinou Alice a viver um dia de cada vez, viver o hoje, sem se preocupar com o amanhã. Talvez o amanhã nem chegue...

"Os momentos que deixamos passar nunca mais podem ser vividos."

"Algumas vezes gostar de alguém é mais do que necessitar da pessoa ao nosso lado, algumas vezes, significa que é preciso desapegar, deixar livre. O amor nem sempre é altruísta, mas o verdadeiro amor, esse sim, é capaz de se deixar sofrer para a felicidade e o sucesso do outro."

"O futuro é uma incerteza que atinge a todos."

"Nossa passagem na terra é curta e infelizmente as pessoas não aproveitam o que tem hoje. Estão sempre em busca do que poderia ser, em vez de viverem o que já são."

"Nossa vida não nos pertence. Ela é parte de um universo muito maior do que nossa existência. Viemos do nada e para o nada partimos."

"Um minuto que perdemos lamentando é um minuto desperdiçado."

"A vida é uma vela acesa."

O livro nos mostra como é importante doar medula, como esse gesto pode transformar uma vida.
Leiam esse livro, se apaixonem pela história e preparem o seu coração ♥

Nem tenho palavras para agradecer a Tici pela oportunidade de conhecer essa história, pelas reflexões durante a leitura. O livro é incrível e eu super recomendo.
Também quero deixar um pedido aqui, se você não for doador de medula(mas quiser e puder doar), procure um Hemocentro ai na sua cidade. Para saber mais acesse o site do REDOME

Se quiser ler também, o livro está no Kindle Unlimited clica aqui

Espero que tenham gostado, me contem se ficaram curiosos para saber tudo o que vai acontecer, se já conhecem a escrita da autora.
Vou adorar saber.
Até o próximo post
bjo

30/09/2019

Não é uma Resenha: O Silêncio dos Livros - Fausto Luciano Panicacci


Oiiiii gente, voltei.
No mês de setembro eu participei de uma leitura coletiva organizada pela LC Agência de Comunicação e eu estava muito ansiosa para ler esse livro(desde que eu conheci já adicionei na minha lista de desejados no Skoob), então agora estou aqui para compartilhar com vocês um pouco sobre esse livro tão incrível ♥
Já aviso que vocês vão se surpreender com o final ;)
Então bora lá:

O Silêncio dos Livros
Fausto Luciano Panicacci
Editora Pandorga - 255 Pág.

O Silêncio dos Livros
Ter Livros é crime. Denuncie.
Alice é uma criança que adora histórias, sua avó e seu tio sempre lhe contavam alguma e ela amava. Mas as coisas mudaram, sua avó faleceu e seu tio não estava mais por perto, ainda guardava(estava bem escondido) um livro que era de sua avó, mas aquilo era errado, ter livros era crime. Até o dia em que sua mãe descobriu onde ela escondia, pegou o livro e destruiu, Alice não sabia como ela havia achado e ficou bem triste.
Um dia Alice percebeu que a casa próxima da sua havia alguém, então foi até lá e conheceu Santiago, e tiveram uma breve conversa. Chegando em casa Alice já foi falando do novo vizinho e Santiago logo foi convidado para um jantar.
Chegando lá conheceu os pais da menina, e também a irmã dela Beatriz(que era uma adolescente bem rebelde), conversaram durante um tempo e logo a menina pediu para que Santiago lhe contasse uma história.
Os pais dela dissera para ela não incomodar o convidado, mas ele logo começou a história. Alice ficou encantada e sempre que podia pedia para o vizinho contar uma história para ela.
Santiago sempre viajava, tinha coisas para resolver, mas sua vida nem sempre foi essa(na segunda parte do livro conhecemos Santiago, que nem sempre teve esse nome e que passou por muitas coisas até chegar em Portugal).

A folha preta que indica que uma nova parte do livro vai começar ♥

Segunda parte do Livro:
(Essa parte se passa alguns anos antes da primeira parte do livro)
Conhecemos Hilário, ele mora no Brasil, com muito esforço conseguiu um bom trabalho. considerava algumas pessoas que trabalhavam com ele como amigos e um certo dia combinaram de se encontrar em um bar. Mas as coisas saíram do controle e Hilário cometeu um crime. Naquela época eles tinham permissão de fazer alguns testes para ver se a pessoa que cometeu o crime tinha o gene da criminalidade e no teste de Hilário deu negativo.
Mesmo assim ele foi preso e isolado de todos, ele acreditava que não tinha cometido crime nenhum, que tinha feito tudo para proteger seus amigos. Conversou com seu advogado, negava de todas as formas ter feito o que todos falavam que aconteceu naquela noite no bar.
Foi a julgamento, tudo estava contra ele, voltou para a prisão e ali faria alguns testes de tempos em tempos para saber se seria absolvido ou não.
Isolado de tudo e todos quase enlouqueceu, passou por muita coisa até que percebeu que finalmente teria alguém na cela próxima. Fez amizade, aprendeu muito com seu novo amigo, coisas que mudariam sua vida para sempre. Mas sabia que ele não ficaria ali para sempre. E o depois de algum tempo António seria solto.
Hilário continuou com o projeto que eles haviam começado, mas foi obrigado a parar.
Até que um dia após fazer o teste sua vida mudou mais uma vez.
Terceira parte do livro:
Voltamos para Portugal, Alice continua a amar as histórias de Santiago, mas depois de algum tempo as coisas começam a mudar, a relação de Santiago com a família da menina muda(não por conta de Santiago, mas a família de Alice é meio complicada), a menina não entende o motivo das pessoas mentirem.
E essas mentiras vão levar as pessoas a transformarem totalmente suas vidas...

Folhas amareladas, letras confortáveis e história incrível ♥

"Era um período da História tão tragicamente adultos que o absurdo só se faz visível aos olhos da infância."

"... quando de algo se tem pouco, agarra-se com afinco a esse pouco; mas quando esse pouco é menos que pouco, esvai-se e perde-se em pó."

"Há várias camadas de leitura, e um livro pode convocar-nos à reflexão, confrontar-nos, deleitar-nos."

"Talvez as coisas tivessem de ir embora, mesmo sendo isso triste, para que outras pudessem vir."

"... os únicos bens verdadeiros, como o conhecimento, são aqueles que, quando passados adiante, não diminuem, aumentam."

"Com livros podemos transcender a platitude de nosso cotidiano, conhecer lugares aos quais nunca conseguiríamos ir."

"Um livro é a melhor companhia não humana que alguém pode ter - embora sua "não humanidade" seja de todo questionável. 

Amei muito a diagramação ♥

Umas das coisas que eu mais amei no livro foi que me fez pensar em um mundo onde ter livros seria crime e se você fosse pego com algum seria preso.
Somos lembrados a todo o momento sobre isso no livro, várias placas pela cidade mostram a mesma coisa: Ter Livros é crime. Denuncie.
Sinceramente não sei como seria se isso fosse também na vida real. Depois da leitura vale a pena uma reflexão pelos temas abordados.
Eu amei poder conhecer e acompanhar essa história incrível. Fico muito feliz em ter participado dessa Leitura Coletiva.
Obrigada a LC e ao Fausto por acreditarem no meu trabalho ♥
Me contem aqui nos comentários se vocês já leram esse livro, se ficaram curiosos para ler também. Vou adorar saber :)
Quer um exemplar lindão desse pra chamar de seu? clica aqui e compre direto na página da Amazon ;)

Até o próximo post
bjo

20/09/2019

Divulgação: O Crescente e a Estrela - Juliana Leite


Oiiiii gente, voltei.
Hoje estou aqui para compartilhar com vocês essa lindeza de livro que está em pré-venda.
A Juliana é autora parceira aqui do blog, o trabalho dela é incrível e já estou bem ansiosa pela leitura de O Crescente e a Estrela.
Então sem muita enrolação bora para o post:

O Crescente e a Estrela
O Reino de Granada, conhecido por ser um lugar governado com tolerância e desenvolvimento científico, em plena Europa medieval, corre sérios riscos com a morte de seu comandante. Rania, a princesa mais jovem, conhecerá esses riscos ao tentar viver um amor proibido, com um judeu, em meio ao colapso político do lugar em que nasceu. Traições virão à tona. O Crescente e a Estrela apresenta uma época de conflitos religiosos, amores proibidos, costumes que não podem ser ignorados e luta por sobrevivência, num lugar fascinante e de grandes mudanças.

Os protagonistas:
Rania é a filha mais nova do Emir de Granada. Um homem muito justo. Um típico rei da era de ouro do islã. Fez questão que ela e suas irmãs aprendessem outras línguas, matemática, ciências. Ele jurou às filhas que jamais as forçariam a casar com alguém que elas não amassem.
Mas com a morte dele, o futuro dela ficou nas mãos do irmão mais velho. Muito influenciado pela mãe, a primeira esposa do antigo rei, que odiava a mãe dela e o fruto daquele polêmico amor, a própria Rania.
A mãe dela era uma beduína, que tinha uma visão bastante liberal do islã, que teve que moldar seu comportamento para viver na corte de Granada. A filha herdou o espírito livre da mãe, e logo entrou em choque com a madrasta e irmão.
Nesse meio tempo ela se apaixona pela última pessoa que deveria, um mercenário judeu, que estava trabalhando como guarda da família real na volta da mesma à Meca.

Davi é filho de um influente e rico comerciante judeu. Cresceu nos corredores de palácios portugueses, onde teve a educação de um nobre. Porém, o rei de Portugal expulsou os judeus de lá e sua família se mudou para o sul da Espanha onde poderia recomeçar a vida.
Foram para perto de Granada, viver em terras muçulmanas se aproveitando da liberdade religiosa que o Emir de Granada tanto presava.
Para ajudar a família Davi vira um mercenário, lutando em guerras que não são suas. Em um trabalho, tem que escoltar a família real de Granada de volta de uma viagem à Meca.
Na viagem se apaixona pela filha mais nova do Emir o que gera uma série de consequências para a vida dele e de sua família.

Salim é o filho homem mais novo do Emir de Granada e bastante próximo de suas irmãs, Rania e Amira, essa última a única que tem por parte de mãe também.
Salim é dedicado à família e visto como um príncipe que facilmente poderia assumir o lugar do pai. Mas Salim tem um segredo.
Sempre imaginou que viveria um casamento infeliz com alguma mulher escolhida por sua família e passaria os dias escondendo de todos quem era e principalmente, quem desejava.
Até conhecer o Emir de Jerusalém, que o fez ser imprudente, se envolver até serem pegos pela irmã Rania. No momento pensou que seria morto, mas sua irmã fez uma surpreendente proposta para ambos.
Salim vive a segunda história de amor proibido de O Crescente e a Estrela.

Kalil é o Emir de Jerusalém. Cresceu por entre haréns. Seu povo há pouco tempo havia se convertido ao islã. E ele não havia sido criado para ser um Emir, o cargo caiu no seu colo.
Kalil tinha que responder a apenas uma pessoa, o Sultão do Egito, pai de sua primeira esposa que era símbolo do apoio do sultanato.
Mas foi em sua segunda esposa que ele encontrou uma grande amizade, e amor de certa forma. A preferia como amiga e conselheira.
Estava sendo cobrado por não engravidar a primeira esposa, tinha que fingir ser um religioso, os turcos estavam prestes a invadir Jerusalém, e sabia que não poderia viver seu grande amor ao lado de Salim.
Problemas não faltavam para a vida do Emir de Jerusalém.

Gostaram de conhecer os protagonistas?!
Eu depois de ler sobre cada um fiquei ainda mais curiosa pela leitura ♥
Se você também ficou curiosa(o) e quer garantir o seu exemplar na pré-venda é só clicar aqui e ir direto para a página da Constelação Editorial.
Espero que tenham gostado de conhecer um pouco sobre o livro, assim que ler já venho compartilhar a resenha com vocês ♥
Até o próximo post
bjo

Design e Desenvolvimento por Bruna Leite